segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Frases do reencontro desejado

Talvez, amada, nunca tenhas

- e nem mesmo eu -

percebido a importância da tua vida na minha.

O cinema, a música, a literatura e o escape da alienação

através dessas Artes,

nas suas influências poéticas e cantantes,

me produzem o movimento em direção a,

e, então, a via dobra...

Somo, ao frio, a presença de teus objetos coloridos

que perfuram silêncio e distância e,

em sonhos e pesadelos, ultrapasso até o céu azul.

Silêncio é sonho quando a palavra não basta.

O calar da insanidade é o mais dificultoso, porém, o mais explorado.

A declaração de Amor é renovada

após o turvo de te ter tão claramente em mim,

quando do teu retorno:

sabor e cheiro indissolúveis

após um tempo nosso em que,

para prosseguirmos,

cultivamos e plantamos na terra

e, então,

nos reunimos!

2 comentários:

Editora Portal RS disse...

Oi João, Fatima da Portal....
Lindo poema, parabéns! Quando puder olha o site ta lá a tua matéria e a da tua mãe, sobre a feira.
Um abraço
www.editoraportal.com.br

gessamine fatima dieguez disse...

Lindo este João! Sei lá...acho que me identifiquei com ele.
Bjao